Geral

Serviços ao
Consumidor

Notícias Celesc

27.09.18

Empreendimentos em Inovação e Eficiência Energética têm investimentos de R$ 96 mi

PE e PEE2 vania web

 

Nesta quinta-feira (27), a Celesc apresentou os 29 projetos aprovados em chamada pública para as áreas de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) e de Eficiência Energética (PEE), entre os 102 inscrios até janeiro deste ano. As propostas têm como principais características o fomento ao uso consciente de energia elétrica, à modernização e ao aperfeiçoamento do sistema elétrico, das distribuidoras de energia e, principalmente, das comunidades onde atuam.

A partir da solenidade realizada na sede da Celesc, em Florianópolis, serão executadas 18 ideias inovadoras em Pesquisa & Desenvolvimento e outras 11 em Eficiência Energética. “Ao todo, serão investidos R$ 96 milhões em propostas para promover o uso eficiente e racional de energia elétrica, estimular a adoção de novas tecnologias e de bons hábitos de consumo a fim de combater o desperdício”, dizo presidente da distribuidora catarinense, Cleverson Siewert.

Para os empreendimentos em P&D aprovados — que deverão ser executados em até quatro anos —, a Celesc irá disponibilizar mais de R$ 80 milhões. “Os projetos dessa linha podem evoluir para um modelo de negócios e compreendem segmentos como mobilidade elétrica, internet das coisas, robótica, segurança do trabalho, meio ambiente e outros domínios que possam contribuir com a melhoria dos processos e dos serviços prestados pela Celesc”, conta Thiago Jeremias, chefe da Divisão de Efeiciência Energética da Empresa. Nessa área, por exemplo, será feita a nacionalização de um aerogerador com de até 4 MW de potência. O projeto é uma iniciativa da Engie Brasil e da WEG, e agora contará também com o apoio da Celesc, por meio de um aporte de R$ 30 milhões.

Já as propostas da área de PEE deverão ser realizadas entre 2018 e 2019, com aplicação de, aproximadamente, R$ 14 milhões. Sete delas estão relacionadas à iluminação pública, três são voltadas a comércio e serviços e uma para a indústria. “Os projetos direcionados aos consumidores sem fins lucrativos têm financiamento a fundo perdido, como é o caso da Instituição Bethesda, de Joinville, que com quase R$ 726 mil em recursos”, afirma Jeremias. Para projetos industriais é feito um contrato de desempenho onde será calculado quanto o projeto gerou (em reais) de economia e esta será a prestação a ser devolvida à concessionária.

 

PD e PEE1 web

 

Prestigiando o evento, estiveram presentes o governador do estado, Eduardo Pinho Moreira, o vice-presidente do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc), Jean Carlo Vogel, a diretoria da Celesc e demais convidados.

A abertura das próximas chamadas públicas está prevista para ocorrer até dezembro de 2018.

 

PD e PEE3 secom web

 

Por Heda Wenzel (Comunicaz a serviço da Celesc), com fotos da Secom Governo SC e Vânia Mattozo (Assessoria Celesc)

  

Veja nas tabelas abaixo as especificações de cada projeto vencedor nas duas áreas:


Pesquisa & Desenvolvimento:

Item

Título proposta

Instituição

Duração

Valor Máximo

1

Plataforma robotizada reconfigurável e autopropelida para transporte de transformadores em espaços de difícil acesso.

Universidade Federal de Santa Catarina

36

R$ 2.948.390,04

2

CS - Cabeça de Série de Equipamento Inteligente para Medição e Controle Setorizados do Consumo de Energia – Aplicações para Tarifa Branca, Campanha de Medidas, M&V de PEE.

 DAIMON ENGENHARIA E SISTEMAS S/S LTDA

24

R$ 2.313.110,00

3

CS - Monitoramento digital em tempo real de aspectos operacionais, de qualidade e de segurança do trabalho em serviços da distribuição de energia elétrica.

AEHON

24

R$ 1.574.800,00

4

DE - Equipamento móvel de trituração com baixo ruído, equipado com sistema catalizador do resíduo da poda para destinação final à comunidade local como fertilizante biológico.

 APINOVE

24

R$ 2.801.377,98

5

DRONE-ROBÔS PARA MANUTENÇÃO DE CABOS DE ALTA TENSÃO.

Universidade Federal de Uberlândia

48

R$ 1.104.640,00

6

Sistema de realidade virtual para treinamento de atividades de O&M em redes aéreas de distribuição de energia elétrica Cabeça de série - Programa de P&D CELESC - projeto 5697-2510/2011

Matrix Engenharia em Energia

24

R$ 2.566.472,00

7

Definição de conjuntos de unidades consumidoras eficientes sob os enfoques dos consumidores, das empresas e do regulador.

DAIMON ENGENHARIA E SISTEMAS S/S LTDA

24

R$ 1.434.200,00

8

Projeção do Mercado da Celesc - o impacto da quebra de paradigmas.

 ENGENHO

18

R$ 861.300,00

9

PA - Subestação de Distribuição Compacta Isolada a Ar de 138 kV de Baixo Impacto Socioambiental.

Centro de Gestão de Tecnologia e Inovação - CGTI

36

R$ 12.697.811,77

10

Infraestrutura de Conectividade Banda Larga de Elevada Cobertura e Plataforma para Rápido Desenvolvimento de Aplicações.

 CPQD

24

R$ 3.373.144,40

11

Cabeça de Série Identificador de Fases para Redes de Distribuição de Média e Baixa Tensão Utilizando Sincrofasores.

Centrum Engenharia e Consultoria

24

R$ 2.498.524,00

12

Desenvolvimento de Metodologia para Gestão da Ligação de Novas Unidades Consumidoras em Áreas Legalmente Protegidas.

CARUSOJREA

24

R$ 4.506.125,00

13

CS Sistema para Otimização e Controle do Carregamento Dinâmico de Condutores de Redes Aéreas de Média Tensão, para Operação em Situações de Emergência.

TAG INOVAÇÃO TECNOLÓGICA SS

36

R$ 3.325.449,00

14

CS Ferragens Metálicas para Uso em Redes Aéreas, Situadas em Regiões Críticas de Agressividade, Incluindo a Orla Marinha.

TAG INOVAÇÃO TECNOLÓGICA SS

36

R$ 3.151.400,00

15

DE - Desenvolvimento de integração de plataforma de IoT Diili com o time de distribuição da CELESC com o foco no monitoramento da qualidade de energia.

WHIRLPOOL/EMBRACO

7

R$ 588.540,00

16

Desenvolvimento de tecnologia nacional para implantação de infraestrutura de recarga para veículos elétricos.

CERTI

36

R$ 4.016.312,00

17

Desenvolvimento de nanomateriais fotoativos para aplicação em células solares e OLEDs.

UNESC

36

R$ 2.971.866,23

18

Desenvolvimento e certificação de aerogerador nacional de 3,3 a 4 MW de acoplamento direto, com gerador síncrono de ímãs permanentes e conversor de potência plena

ENGIE e WEG

24

R$ 30.000.000,00

 

 

TOTAL

R$ 82.733.462,42

 


Eficiência Energética:
    

Proponente

Breve descrição

Investimento PEE [R$]

CVG Cia Volta Grande de Papel

Substituição de 29 Motores e instalação de 04 inversores de frequência

R$ 2.117.005,59

Fundação Universidade do Vale Do Itajaí

Substituição de 3.378 Lâmpadas, 27 Ares condicionados e instalação de sistema fotovoltáico de 445 kW

R$ 2.243.813,55

Prefeitura Municipal de Caçador

Substituição de 1.055 Luminárias IP

R$ 2.159.664,72

Prefeitura Municipal de Campos Novos

Substituição de 942 Luminárias IP

R$ 1.776.646,02

Prefeitura Municipal de Fraiburgo

Substituição de 817 Luminárias IP

 

R$ 1.434.313,93

Prefeitura Municipal de Santo Amaro da Imperatriz

Substituição de 1.510 Luminárias IP

R$ 884.089,43

Prefeitura Municipal de Pomerode

Substituição de 500 Luminárias IP

R$ 1.059.408,76

Instituição Bethesda - Joinville

Instalação de sistema fotovoltaico de 320 kW

R$ 725.987,81

Fundação Universidade Do Oeste De Santa Catarina

Substituição de 4.318 Lâmpadas e instalação de sistema fotovoltaivo 48 kWp Fotovoltaico

 

R$ 622.663,13

Prefeitura Municipal de Itá

Substituição de 553 Luminárias IP

R$ 418.307,10

Prefeitura Municipal de Modelo

Substituição de 741 Luminárias IP

R$ 557.004,93

 

 

R$ 13.998.904,97